Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é comum que até os consultórios médicos e odontológicos lancem mão de estratégias de marketing para a manter a agenda cheia — tudo dentro dos códigos éticos de cada profissão.
Nesse contexto, conhecer os seus pacientes e, principalmente, saber o que eles pensam da sua clínica e serviços é muito importante. É através das pesquisas de satisfação que você poderá identificar o que de fato tem funcionado no seu consultório e o que precisa ser aprimorado em sua estratégia e atendimento.
Mas você sabe como realizar essas pesquisas? Então continue lendo e descubra!

Monte um questionário objetivo

Tempo é um ativo altamente valioso nos dias de hoje, e por isso pesquisas extensas são extremamente cansativas e difíceis de ser mensuradas, além de gerarem muito mais resistência por parte dos clientes. Pensando nisso, prefira formulários objetivos, com no máximo 10 perguntas de múltipla escolha. Você pode fazer esse formulário em formato digital ou físico e disponibilizá-lo na sala de espera através de pranchetas ou até mesmo tablets.
Esse questionário é importante para mensurar a experiência no pré-atendimento, as primeiras impressões dos novos pacientes, ou, ainda colher sugestões de melhorias na estrutura da clínica e sala de espera.

Aborde assuntos relevantes

Os principais itens do questionário deverão ser o tempo de espera para a consulta, o atendimento da recepção, os procedimentos realizados, a clareza nas orientações, limpeza do consultório e acessibilidade do site.

Envie e-mails para seus pacientes

Outra forma eficaz de abordar o paciente para o preenchimento do questionário é através do envio de um e-mail após a consulta. A mensagem pode então conter um link direto para a pesquisa ou as próprias questões a serem respondidas.
Esse meio é especialmente positivo por não tomar o tempo do paciente enquanto ele está no consultório — é muito mais cômodo responder à pesquisa em casa, com tranquilidade, do que após a consulta, atrasando sua volta ao expediente ou para casa.

Envie um SMS

Assim como os e-mails, as mensagens no celular têm um alcance muito bom, já que também permitem que o paciente responda quando for mais cômodo.
Nesse caso, para ser mais assertivo, você pode pedir que o paciente responda à mensagem com uma nota ao atendimento ou convidá-lo para acessar seu site para responder à pesquisa completa de satisfação e melhoria de procedimentos.

Mensure os resultados

De nada adianta ter em mãos as impressões e opiniões dos seus pacientes se você não souber o que elas significam. É a partir da mensuração desses resultados que será possível readequar o que não está dando certo na visão de quem faz o seu consultório funcionar: seus pacientes.

Divulgue os resultados

Ao realizar uma pesquisa, é importante que você dê um feedback para o seu paciente, seja através de um agradecimento ou ainda um esclarecimento acerca das ações que serão adotas a partir dos resultados obtidos com a pesquisa. Isso irá demonstrar que a opinião dele é importante para você e para a sua equipe.
O principal objetivo ao realizar uma pesquisa de satisfação é conhecer seus pacientes e avaliar os procedimentos de atendimento e consultas realizadas em sua clínica ou consultório. Lembre-se de que pacientes satisfeitos poderão indicar seus serviços a outras pessoas, aumentando o seu fluxo de consultas, além de garantir sua fidelização.
Você já mensurou a satisfação dos seus pacientes no seu consultório? Já tinha pensado como isso é importante? Comente e continue acompanhando nosso blog para mais dicas!