No momento em que o dentista revela o preço da prótese dentária e do seu tratamento a seu paciente, é comum que se inicie um processo de barganha entre os dois. O cliente quer entender os valores cobrados, negociar formas de pagamento e conquistar o maior desconto possível. Para o dentista, essa pode ser uma situação difícil. Como justificar os custos sem ser desagradável com seu cliente? Para ajudar nesse processo, veremos no post de hoje algumas estratégias para garantir o seu preço. Vamos lá?

Tenha confiança no valor do seu trabalho e no que você está ofertando

Pode parecer óbvio, mas antes de mais nada você precisa ter confiança no valor daquilo que oferta a seus clientes. Se você não acredita que o seu preço é devido, por que seu cliente deveria? Confiar naquilo que você está oferecendo, tendo segurança tanto na sua própria capacidade técnica quanto na qualidade das próteses e materiais utilizados, é fundamental para que o cliente também perceba seu valor. Tenha autoconfiança e autoestima suficientes para lidar com possíveis críticas e reclamações com o preço que você pratica.
Não basta que seu paciente saiba o preço da prótese dentária ou da sua consulta: ele deve entender o valor do que você está oferecendo. Como regra geral, os clientes não se dão conta da importância e préstimo de cada uma das variáveis envolvidas em seu tratamento. Explique, mostre as qualidades e demonstre a eficiência das próteses utilizadas, bem como da sua técnica, para que ele entenda e valorize realmente o que está sendo oferecido e fique mais disposto a pagar o preço correto. Faça com que o cliente compreenda que não está pagando determinado quantia porque você quer lhe arrancar dinheiro, mas porque é justo com o que você proporciona.

Esteja pronto para justificar cada um dos preços cobrados

Mesmo que entenda o valor de tudo, seu cliente ainda terá dúvidas. O dentista precisa deixar claro que está escolhendo a melhor prótese disponível no mercado, que irá utilizar as técnicas mais atuais para aquele caso e que terá todas as ferramentas necessárias para realizar o serviço. Conheça as especificações técnicas das próteses que utilizará e prepare-se para responder perguntas e curiosidades de seus pacientes.

Faça seu cliente se sentir especial

Tratar bem seu cliente é condição fundamental, mas você pode ir além disso e garantir que o tratamento a seus pacientes seja único e memorável. Seja caloroso, mostre que se importa com eles e dedique atenção a seus anseios para se destacar entre os demais dentistas. Além disso, garanta que seu consultório tenha diferenciais: invista em um ambiente confortável e de ágil atendimento e conte com os melhores fornecedores de próteses e materiais. Assim, a satisfação dos seus pacientes — e sua disposição para pagar os preços praticados — irá aumentar.

Cultive bons clientes

Infelizmente, nem todo paciente irá concordar com o preço que você cobra, mesmo que você explique e faça todo o esforço necessário. Não se desanime com isso, pois esse não é o cliente que você deve cultivar. Foque sua atenção naqueles que valorizam seu trabalho e se engajam com seu consultório. Eles serão o seu maior cartão de visitas, fazendo indicações a parentes e amigos. Além disso, são esses clientes, que reconhecem seu bom serviço e a qualidade das próteses que você utiliza, que irão voltar sempre, mesmo que você aumente seu preço. Eles sabem que você vale o tanto que eles lhe pagam.
Negociar os custos com seu paciente certamente ficará mais fácil se você tiver em mente essas estratégias. Esteja preparado para lidar com a barganha e enfrente esse momento com tranquilidade. Ficou alguma dúvida? Tem alguma estratégia infalível na hora de negociar preços com seus clientes? Deixe um comentário e conte para a gente!