Imagine um dentista jovem, alto, que já tem alguns fios brancos de cabelo. Vamos chamá-lo de João. O Dr. João sempre foi honesto em tudo.

Trabalha com seriedade e respeito. Um dia, ele precisou mudar de cidade com sua família.

Sua esposa, que também é dentista, e ele, trabalhavam muito e não tinham tempo para cuidar de seus três filhos durante o dia.

Várias vezes a diretora da escola, onde que eles ficavam o dia todo, ligou para o Dr. João dizendo que todos tinham ido embora, menos as suas três crianças, e ela precisava fechar a escola.

Eles sempre se atrasavam com um paciente ou outro e não conseguiram sair no horário.

Então, decidiram se mudar para a cidade onde morava a família do dr. João, assim as crianças teriam alguém de confiança para cuidar delas enquanto eles trabalhavam.

 Ao chegar à nova cidade, o dr. João foi atrás de um protético. Conheceu alguém que lhe pareceu ótimo.
Um protético simpático, aparentemente muito organizado e que fazia trabalhos de qualidade.
O mais novo protético explicou para o dentista todas as regras do laboratório em uma conversa nada formal. Data de pagamento, prazos de entrega, condições dos serviços e tudo mais. Assim começou a parceria.
Logo no começo os problemas começaram a aparecer. O laboratório não cumpria nada que fora combinado com o Dr. João.
Era uma repetição atrás da outra, os serviços raramente eram entregues na data solicitada, pagamentos exigidos fora dos dias estabelecidos e a qualidade não era mais a mesma.
Nada estava dando certo! O Dr.João começou a sair no prejuízo e ele não tinha exigido do protético, logo no começo, nenhum documento que organizasse aquela bagunça.
Tudo poderia ser diferente se o Dr.João trabalhasse com um laboratório que possuísse um Protocolo de Conduta.
O protocolo de Conduta é um documento do laboratório que precisa ser lido e assinado pelo dentista.
Nele são encontradas as informações mais importantes de um relacionamento entre o consultório e o laboratório.
Você pode encontrar orientações sobre:
  1. .Solicitação de pedidos
  2. .Coletas e entregas
  3. .Formas de pagamento

Repetições e reparos

Entre muitos outros pontos importantes. O Protocolo De Condutas vai te ajudar, primeiro, a conhecer o laboratório com o que você trabalha.
Entender como ele funciona e o quanto essa forma importantíssima de organização vai te ajudar no seu relacionamento com o laboratório.
Para ficar ainda mais claro, vou te dar 4 principais motivos para você trabalhar com um laboratório que possua um Protocolo De Condutas.

1.Firmar compromisso

Dificilmente o laboratório vai vacilar com você. O Protocolo De Condutas é um documento desenvolvido pelo próprio laboratório que possui regras a serem cumpridas.
Você não vai trabalhar com um laboratório que pareça ser de um jeito e depois descobrir que não era nada daquilo que você pensava.

2.Entender como a empresa trabalha

É importantíssimo saber como funciona o laboratório que você será parceiro. Todas as regras precisam ser conhecidas a fundo.
Com o Protocolo de Condutas você poderá conhecer as regras de forma simples e organizada.

3.Tirar duvidas quando preciso

Geralmente são muitos detalhes a serem lembrados, mas você pode voltar ao protocolo sempre que quiser para tirar suas dúvidas.

4.Respaldo documental para exigir seus direitos

Você terá em mãos tudo o que foi combinado com o laboratório de forma documental e poderá exigir que seja cumprido.
E então, o que achou do Protocolo de Condutas? Tenho certeza que ele melhora muito a relação entre o dentista e o protético.
Quer conhecer o nosso Protocolo? Clique aqui.
Gostou desde artigo? Curta e compartilhe com seus amigos! Tem muita gente precisando de um Protocolo por aí.