Utilizar o planejamento financeiro pode ser crucial para o sucesso da sua organização! E não é para menos. De acordo com pesquisas do Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) 7 em cada 10 empreendimentos brasileiros têm suas atividades encerradas antes dos cinco anos de existência, e o principal motivo é exatamente a falta de planejamento!
Por isso é tão importante fazer o planejamento financeiro de seu consultório. Através dele, você poderá reconhecer e organizar a situação econômica do seu empreendimento, traçando metas e objetivos. Porém, é importante que esse planejamento seja feito com cuidado e atenção, pois engloba diversas situações.
Confira algumas dicas de como fazer um bom planejamento financeiro e garantir o sucesso no seu consultório!

Saiba distinguir pessoal e empresarial

Ao abrir o próprio negócio — e o consultório não deixa de ser um —, é necessário que você saiba lidar com o dinheiro do seu empreendimento. Todo o capital estará em suas mãos, e você deverá administrá-lo como empresário.
Além disso, as contas não devem se misturar, ou seja, suas contas pessoais não devem ser pagas com o dinheiro do consultório e vice-versa. Evite a todo custo misturar o que é empresarial com o que é particular, isso poderá fazer com que você se confunda e seu planejamento financeiro ficará arruinado.

Faça um plano de negócios

Quando faz um plano de negócios, você já estará fazendo o planejamento financeiro de seu consultório, já que ambos estão juntos no desenvolvimento de um empreendimento. Com esse plano, você terá uma ideia de como seu consultório estará financeiramente depois de algum período de funcionamento e, com isso, poderá estabelecer os objetivos do mesmo.
Ao elaborar o plano, não crie expectativas que podem vir a não acontecer: seja realista, conheça seus pacientes e faça seu consultório crescer de acordo com uma estrutura compatível com a demanda do mercado.

Comece devagar

Ao fazer o planejamento financeiro de seu empreendimento, pense grande, mas comece devagar. Estabeleça um crescimento para o seu consultório de acordo com as ferramentas que possui, tentando não ser otimista em excesso.
Pesquise como está o mercado de trabalho para o seu empreendimento, sempre lidando com fatos reais. Pensar e planejar-se antes de abrir o negócio nunca é tempo perdido! Contratar alguém para te ajudar nesse momento, inclusive, pode ser um bom investimento.

Esteja sempre atento ao estoque

Um dos maiores gastos de um consultório envolve os diferentes tipos de materiais utilizados pelo odontologista. Por isso o controle de estoque é tão importante.
O seu planejamento financeiro deve analisar quais custos você terá com cada tipo de material e o quanto isso irá impactar a saúde do seu empreendimento. Para que seu planejamento seja mais eficiente, negocie com fornecedores para a compra de determinados materiais em grande quantidade ou para que você possa sempre solicitá-lo para a compra de materiais que não podem ser estocados.
Assim você saberá qual preço irá pagar por esses itens, e seu planejamento financeiro não sofrerá mudanças.
O planejamento financeiro é importante em qualquer empreendimento, inclusive em consultórios. Através dele, é possível estipular gastos e obter lucros. E esses lucros poderão servir para investimentos futuros em seu consultório, com o intuito de obter mais lucros e oferecer um atendimento de cada vez mais qualidade para os seus pacientes!
Como anda o planejamento do seu consultório? Fale conosco nos comentários e, para deixar as suas finanças ainda mais em ordem, não deixe de conferir nosso Guia definitivo para controle financeiro do seu consultório odontológico!