Não é novidade que, com o consumidor cada vez mais bem-informado e, consequentemente, exigente, não está fácil conseguir novos clientes em nenhuma área. No caso da odontologia, a situação não é muito diferente: tanto dentistas recém-formados — iniciando suas carreiras no mercado e abrindo seus consultórios — quanto os profissionais experientes — que estão estabelecidos já há algum tempo no mercado, mas cujos consultórios de vez em quando enfrentam problemas de faturamento — precisam pensar em estratégias para conseguir mais pacientes.
Seja qual for o seu caso, se a sua agenda no consultório anda com mais espaços livres do que você gostaria, conheça agora algumas estratégias para conquistar pacientes e aumentar o faturamento!

Elabore ações de marketing online

Hoje em dia, por mais que as iniciativas de marketing tradicional ainda surtam efeito, é preciso usar a internet a favor do seu negócio.
Além de custarem menos e divulgar sua atuação de maneira mais eficaz — já que permitem atingir exatamente quem tem algum potencial de se tornar seu paciente —, as redes sociais, o e-mail marketing e um website profissional são excelentes formas de desenvolver relacionamentos mais sólidos e contínuos com os pacientes que você já tem.

Adote um software de gestão

Às vezes, o faturamento pode não estar como esperado por causa da falta de controle do fluxo de caixa do consultório.
É essencial para qualquer negócio ter uma ideia rigorosa das finanças, isto é, de como acontecem as entradas e saídas dos recursos do empreendimento. O gerenciamento automatizado de suas finanças vai permitir enxergar onde seria possível enxugar despesas, ver os melhores momentos para fazer melhorias e investimentos de infraestrutura, entender suas obrigações fiscais e verificar quando os pacientes deverão acertar as parcelas dos tratamentos feitos.

Facilite os pagamentos dos pacientes

Quanto mais formas de pagamento forem oferecidas aos pacientes, mais confortáveis eles irão se sentir nesse campo. Esse recurso é uma das maneiras eficazes de reduzir a inadimplência entre pacientes não conveniados, visto que eles terão mais flexibilidade no pagamento e, assim, poderão escolher a forma que se encaixe melhor em suas próprias finanças.

Faça parcerias com bons fornecedores

As empresas que fornecem os materiais, próteses dentárias e demais utensílios de suas rotinas diárias devem agir como reais parceiros de mercado. Assim, o dentista terá como se preparar melhor a partir da visualização de preços tabelados e de prazos de entrega previamente conhecidos. A organização nesse nível vai permitir também um bom monitoramento da rotatividade de seus materiais, além do fluxo de caixa.

Crie ações para fidelizar mais pacientes

Fazer com que os pacientes voltem ao seu consultório é muito mais barato do que atrair novas pessoas para seus serviços. Portanto, é importante alimentar bons relacionamentos com quem vai ao seu local de trabalho, seguir boas regras de trato social e manter contatos estáveis com os pacientes.
Às vezes ações simples, como um telefonema ou envio de e-mail lembrando que a pessoa não vai ao seu consultório há mais de um ano e que seria conveniente fazer um check-up bucal pode ser o gatilho para que ela o procure novamente e siga suas recomendações.
Um dos maiores desafios dos dentistas é gerenciar bem o consultório, mantendo os cuidados com o faturamento e com a boa gestão do lugar, afinal, esses profissionais estudaram para fornecer bons serviços de saúde bucal, mas não necessariamente para saber administrar as finanças e ações de marketing do consultório. Porém, como vimos, com algumas ações simples, é possível manter o faturamento em alta!
E você, o que tem feito para melhorar o seu faturamento como odontologista? Conte para a gente e continue acompanhando nosso blog para mais dicas!