Você é um dentista que trabalha com crianças? Então deve saber o quanto pode ser trabalhoso convencer alguns pequenos a sentar-se na cadeira de exame sem ficar com medo da consulta.

Relacionar-se com pacientes já é uma arte que todo profissional da área da saúde deve saber coordenar muito bem. Quando esses pacientes são crianças, o jogo de cintura do profissional deve ser ainda maior. Para que você não tenha que enfrentar problemas no seu próximo atendimento odontológico infantil, vamos compartilhar hoje algumas dicas que podem te garantir sucesso ao se relacionar com esses pequenos pacientes. Confira!

1ª Dica: Permita que a criança se ambientalize no consultório

O primeiro passo que todo dentista que trabalha com crianças deve dar em relação ao bom convívio com esses pacientes é permitir que a criança se adapte ao ambiente do consultório.

Deixe que ela crie a coragem de sentar-se sozinha na cadeira de exame e responda a todos os questionamentos que tiver sobre aparelhos que serão usados no seu tratamento. Na hora da avaliação bucal, permita que ela use um espelho para te acompanhar, que escove os próprios dentes e que aprenda a usar o fio dental sozinho. Essa pequena sensação de independência já vai ajudar a reduzir a desconfiança da criança com relação ao seu consultório.

2ª Dica: Sugira tratamento no mesmo dia dos pais

Se você é um dentista que atende adultos e crianças, que tal sugerir que pais e filhos marquem suas consultas no mesmo dia para que os pequenos se sintam mais estimulados a visitar o seu consultório?

Como as crianças veem seus pais como exemplos de coragem e bons hábitos, elas se sentirão mais seguras em repetir todos os procedimentos básicos que você realizou na dentição dos adultos. Aproveite o momento da consulta com os pais para ir explicando, passo a passo, o que você está fazendo para garantir a saúde dos dentes que está tratando, apontando para o pequeno a importância do tratamento e mostrando que a ida ao dentista não é nenhum bicho de sete cabeças.

3ª Dica: Explique tudo para as crianças

Quando for a vez da criança de se sentar na cadeira do paciente, explique tudo o que você vai fazer durante o tratamento dela. Crianças são muito curiosas e desconfiadas, por isso, qualquer tratamento desconhecido pode resultar em uma situação de desconforto.

Quando você explica a razão de estar passando flúor nos dentes, ou por que algum aparelho faz aquele barulho, a relação de confiança estabelecida entre vocês será cada vez maior.

4ª dica: Doe um premio ao final da consulta

Toda criança gosta de receber presente não é mesmo? Por que não presentear ao fim da consulta?

Nesta situação, você a deixara mais contente e todas as vezes que o papai a chamar para ir ao dentista, ela se lembrará que no seu consultório tem algo especial. Logo ela não mais ira pensar nos instrumentos estranhos que o dentista usa. Mas sim na recompensa que ela irá ganhar.

5ª Dica: Musica ambiente para acalmar a ansiedade.

Talvez você pense que isso não faz sentido. Mas estudos realizados pelos alunos do curso de odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UF-MG) constataram que, ao realizar qualquer tratamento odontológico infantil com musica ambiente, ajuda a eliminar a tensão e o estresse nas crianças. Então não deixe de colocar uma musica calma em baixo volume para ajudar a aliviar a tensão das crianças na hora do atendimento.

E você vai ficar parado?

Não perca tempo, coloque em pratica já essas dicas. Veja suas consultas sofrerem um salto gigantesco.

Cometente abaixo, o que você acha importante acrescentar na hora de atender uma criança. Conte-nos o que você tem feito para melhorar nesse aspecto.

Compartilhe com seus amigos que possuem dificuldades na hora de atender criança. Ajude-os a melhorar também!